Nas Bancas à 4ª feira
Facebook
 

Edição:

| Ano |

Error parsing XSLT file: \xslt\NTS_XSLT_Menu_Principal.xslt

Em agenda

Proteja e fique em casa
18/03 a 02/04

As medidas de proteção perante o COVID-19 são uma realidade que não deve ser descurada, até por uma questão de cidadania. Por isso, o melhor é seguir as recomendações das entidades de saúde, que passam, entre outras, por evitar ao máximo os contactos sociais e manter-se em casa.
Isto, no entanto, implica várias alterações à habitual vida do dia a dia, ainda mais quando estão envolvidas crianças.
Mas a alteração de hábitos é necessária, a bem da saúde de todos, e, se vista numa perspetiva positiva, pode até ser bastante aliciante, permitindo retomar hábitos que se foram perdendo com o tempo.
Assim, enquanto estiver em casa é claro que pode ver televisão, ouvir rádio, ou navegar na Internet, onde pode viajar pelo Mundo fora, visitando, por exemplo, museus virtualmente.
Outra possibilidade a ter em atenção tem a ver com a leitura. Ler jornais e revistas é manter-se informado. E pode também voltar a apreciar aquele prazer de ler um livro, com o gosto de sentir a textura das páginas. Livros que o podem levar aos locais mais inimagináveis, embarcar em aventuras extraordinárias ou aprofundar os seus conhecimentos. Afinal, os livros sempre foram um companheiro fiel que com a voracidade dos tempos foi sendo esquecido e relegado para uma prateleira, da qual pode agora sair e voltar a ganhar uma nova vida.
Ainda na área dos livros, mas envolvendo crianças, uma sugestão passa por lançar mão a um qualquer livro de histórias e contos que pode ler em voz alta.
E no que respeita às crianças, também pode optar pelas histórias, contos e lendas da tradição oral, que é tão rica em Portugal e na nossa Região, podendo levar os mais novos a conhecer melhor o meio que os envolve. Tudo isto, com muita conversa à mistura, fomentado assim a comunicação verbal e o convívio.
Também pode dar uma volta lá por casa e procurar os velhinhos jogos de tabuleiro que, em tempos, animaram tantos e tantos serões, num clima de diversão. No caso de não ter jogos de tabuleiro, sempre pode recorrer a uma simples folha de papel e uma esferográfica e passar um longo tempo entretido com o jogo do galo, a batalha naval ou ao Stop, entre muitos outros.
Para entreter os mais novos também pode recorrer às velhas fotografias em papel, muitas delas com histórias pessoais, da família e de outros temas, as quais pode relembrar, certamente com a garantia que captará a atenção de quem o ouvir.
Já para quem tenha gosto pela cozinha, toda a família se pode envolver na confeção de bolinhos ou de outra receita que, além de ajudar a passar o tempo e ensinar, tem ainda vantagem de ter um prémio final, que é saborear e deliciar-se com as iguarias que fizeram com as próprias mãos.
Depois, há ainda a imaginação de cada um, que não tem limites.
Por isso há que aproveitar e no final, certamente, até descobrirá uma casa nova dentro daquela em que vive todos os dias!
António Tavares

 

Em Agenda

 
Não existem registos a listar!

Gala Troféu Gazeta Atletismo 2018

Castelo Branco nos Açores

Video