Nas Bancas à 4ª feira
Facebook
 

Edição:

| Ano |

Error parsing XSLT file: \xslt\NTS_XSLT_Menu_Principal.xslt

20 de março de 2019

CÂMARA APRESENTA AGENDA DE EVENTOS PARA 2019
“Recuperamos assim a verdadeira identidade das nossas freguesias”

A Câmara de Castelo Branco apresentou, segunda-feira, 18 de março, a agenda de eventos para este ano, desenvolvida sob o chapéu Castelo Branco – Natureza, Sabor e Cultura, e que envolve as juntas de freguesia onde decorre cada uma das iniciativas, bem como duas coletividades, que são a Associação do Bairro do Cansado, de Castelo Branco, e os Guardiões da Luz, de Escalos de Cima.
No início da apresentação, o presidente da Câmara, Luís Correia, recordou que em 2018 se “realizaram 15 eventos, envolvendo mais de 350 expositores”, pelo que em relação ao ano passado faz um balanço “muito positivo”, que é o ponto de partida para “uma aposta reforçada para este ano”. Uma matéria em que destaca “o aumento na aposta nas freguesias” e avançou que há dois novos eventos.
Com o foco nas iniciativas a desenvolver, Luís Correia valoriza “a promoção dos produtos endógenos”, bem como facto que “recuperamos assim a verdadeira identidade das nossas freguesias”, sem deixar de ter em atenção “a consciência da importância que a natureza tem”.
Luís Correia, sem avançar valores, falou também “no investimento considerável com estas ações, onde pretendemos valorizar todas as freguesias”, valorizando “a coesão territorial, considerando o Concelho como um todo”.
Nesta perspetiva abordou ainda “a dinamização da economia”, sem esquecer “que levamos mais longe o nome a cultura do Concelho de Castelo Branco”.
Por tudo isso, não hesita em afirmar que “é um programa ambicioso, que muito nos diz”, tanto mais que, sublinha, “os festivais vão ao encontro do que é a promoção turística do nosso concelho e da nossa região” e garante que “nos diferenciamos e temos a certeza que quem nos visitar sairá mais rico”.
Luís Correia destaca igualmente “quão importante é a concretização destes eventos para as nossas freguesias e para o nosso concelho”, referindo-se “à importância da cultura, da economia, do turismo, da comunidade, ao nosso desenvolvimento que aqui está a ser concretizado”.
O autarca fez ainda questão de deixar “uma mensagem para os que tentam desvalorizar estes festivais”, ao assegurar que “as juntas de freguesia e as associações sabem o que representa um investimento num evento como aquele que estamos a apresentar para cada uma das freguesias”.
Por outro lado, não perde a oportunidade de se referir “à aposta forte no nosso património imaterial. Orgulhamo-nos muitos das obras materiais que concretizamos, mas o imaterial também é muito importante” e conclui que “reforçamos toda a comunidade, há o orgulho de pertencer a um concelho que tem esta dinâmica, que se torna mais atrativo e mais coeso”.

O programa
dos eventos
O primeiro evento a realizar é uma estreia. Trata-se do Sopro do Acordeão, Festival de Foles da Mata, que se realiza no próximo fim de semana, 23 e 24 de março.
Em abril, dias 5, 6 e 7 realiza-se a Feira da Vinha e do Vinho, no Salgueiro do Campo, enquanto nos dias 12, 13 e 14, Alcains recebe a Feira do Queijo.
Já em maio, surge a segunda estreia, dia 1, com o Mercadinho da Criadilha, em Caféde. Dias 3, 4 e 5, Louriçal do Campo é palco da Rota da Gardunha. Isto enquanto dia 11, Malpica do Tejo volta a ser o palco do Festival José Afonso. Dias 18 e 19 a Feira do Porco e Enchidos anima Tinalhas.
Ainda em maio, mas com prolongamento para junho, chegam a Castelo Branco os Sabores de Perdição. O certame que foi apresentado na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), na Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, em Lisboa, (ler notícia), decorre em dois fins de semana, de 31 de maio a 2 de junho e de 7 a 10 de Junho.
Nos dias 15 e 16 de junho, realiza-se a Feira Medieval de Sarzedas. Ainda em junho, em São Vicente da Beira, dias 22 e 23, é a vez do Festival Água Mole em Pedra Dura, enquanto dias 28, 29 e 30, os Sabores do Borrego, animam os Escalos de Baixo.
Em julho, nos dias 12, 13 e 14 decorre o Festival dos Moinhos, na Póvoa de Rio de Moinhos, sendo que dias 27 e 28 Cebolais de Cima recebe o Festêxtil.
O Festival do Serrabulho anima o Sobral do Campo, nos dias 30 e 31 de agosto e dia 1 de setembro.
Em outubro, dias 11, 12 e 13 a Lardosa acolhe a tradicional Feira do Feijão Frade.
Já em novembro, nos dias 1, 2 e 3, a Feira do Azeite e da Azeitona realiza-se em Malpica do Tejo.
A Feira das Sopas, em Escalos de Cima, decorre dias 6,7 e 8 de dezembro.
Em Castelo Branco, de 1 de dezembro a 1 de janeiro, está de regresso o Natal Branco, sendo que na última noite do ano, a passagem de ano será assinalada com o espetáculo Noite Mágica 360º.
António Tavares

20/03/2019
 

Outros Artigos

Em Agenda

 
06/04 a 28/07
Corpo e Paisagem Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco
tituloNoticia
03/04 a 30/04
Os Aviões do Pimpão Casa da Cultura da Sertã
tituloNoticia
03/04 a 24/04
Tradições da Quaresma Biblioteca Municipal de Penamacor
10/04 a 28/04
Reflexos da Anomalia HumanaSala da Nora do Cine-Teatro Avenida, Castelo Branco

Visite Castelo Branco

Video

Castelo Branco nos Açores

Video