Nas Bancas à 4ª feira
Facebook
 

Edição:

| Ano |

Error parsing XSLT file: \xslt\NTS_XSLT_Menu_Principal.xslt

Edição nº 1673 - 13 de janeiro de 2021

RELATÓRIO SEMANAL DA DGS
Incidência do COVID-19 está cada vez pior no Distrito

O relatório semanal por concelhos da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta segunda-feira, 18 de janeiro, revela que a incidência de COVID-19 no Distrito de Castelo Branco está cada vez pior.
Em comparação com o relatório da semana passada a incidência de COVID-19 sobe em sete concelhos e mantém-se em quatro.
Assim, dos 11 concelhos do Distrito cinco estão no grupo de incidência mais elevado (igual ou superior a 960), enquanto quatro estão no grupo imediatamente abaixo (480 a 959,9). Deste modo, só dois concelhos (Proença-a-Nova e Vila de Rei) não se encontram nos grupos mais elevados.
Recorde-se que nos dados avançados relativos à distribuição geográfica dos casos confirmados, de acordo com o novo modelo é agora indicado o concelho, a incidência cumulativa a 14 dias neste caso de 30 de dezembro a 12 de janeiro, e o grupo de incidência.
Assim, no Distrito de Castelo Branco, o Concelho de Belmonte, no que respeita à incidência cumulativa apresenta 985 (406 a 5 de janeiro), agravando-se a situação, ao passar do grupo de 240 a 479,9, para o igual ou superior a 960.
O Concelho de Castelo Branco apresenta 933 (571 a 5 de janeiro), mantendo-se no grupo de incidência de 480 a 959,9.
O Concelho da Covilhã com 628 (447 a 5 de janeiro), agravando-se a situação ao passar do grupo de incidência de 240 a 479,9, para o de 480 a 959,9.
O Concelho do Fundão com 1.298 (740 a 5 de janeiro), agravando-se a situação, ao passar do grupo de incidência de 480 a 959,9, para igual ou superior a 960.
O Concelho de Idanha-a-Nova com 1.691 (1.206 a 5 de janeiro), mantendo-se no grupo de incidência igual ou superior a 960.
O Concelho de Oleiros com 500 (260 a 5 de janeiro), agravando-se a situação ao passar do o grupo de incidência de 240 a 479,9, para o de 480 a 959,9.
O Concelho de Penamacor com 1.409 (1.346 a 5 de janeiro), mantendo-se no grupo de incidência igual ou superior a 960.
O Concelho de Proença-a-Nova com 206 (82 a 5 de janeiro), agravando-se a situação ao passar do grupo de incidência de 60 a 119,9, para o de 120 a 239,9.
O Concelho da Sertã com 1.194 (816 a 5 de janeiro), agravando-se a situação ao passar do grupo de incidência de 480 a 959,9, para o igual ou superior a 960.
O Concelho de Vila de Rei com 181 (211 a 5 de janeiro), mantendo-se no grupo de incidência de 120 a 239,9.
O Concelho de Vila Velha de Ródão com 509 (382 a 5 de janeiro), agravando-se a situação ao passar do grupo de incidência de 240 a 479,9, para o de 480 a 959,9.

18/01/2021
 

Outros Artigos

Em Agenda

 
Não existem registos a listar!

Gala Troféu Gazeta Atletismo 2018

Castelo Branco nos Açores

Video