Nas Bancas à 4ª feira
Facebook
 

Edição:

| Ano |

Error parsing XSLT file: \xslt\NTS_XSLT_Menu_Principal.xslt

Edição nº 1809 - 13 de setembro de 2023

António Tavares
Editorial

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) está maior e, desde logo fortalecida. Aos concelhos que a integravam, que eram Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão, juntaram-se mais dois da Zona do Pinhal, Sertã, Vila de Rei, pelo que, atualmente, a CIMBB é composta por oito municípios. Ou seja, dos 11 concelhos do Distrito de Castelo Branco, apenas três, que são Belmonte, Covilhã e Fundão, todas da zona Norte, não integram a CIMBB, uma vez que estão na Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela.
Uma realidade que, no entanto, poderá ser alterada, uma vez que por parte da CIMMB já foi revelado todo o interesse para que se lhe juntem estes três concelhos.
De facto um passo importante, porque deste modo a CIMBB ganharia maior dimensão e, desde logo, uma maior capacidade interventiva e de fazer reivindicações.
Mas não só, se é verdade que como lembra o velho ditado, a união faz a força, é igualmente importante não deixar de ter em linha de conta que essa força também surge quando se luta pelos mesmos objetivos.
E, obviamente, que os objetivos não podem de deixar de ser os mesmos, quando os concelhos em causa partilham aspetos tão importantes como a mesma identidade cultural, os mesmos problemas e potencialidades, sem esquecer a semelhança geográfica.

13/09/2023
 

Outros Artigos

Em Agenda

 
20/09 a 03/03
A Viagem Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco
13/10 a 31/03
Aroma, ritual e terapiaMuseu Municipal de Penamacor
25/11 a 07/04
Tarde Azul, o Universo Amoroso de Julio/Saúl DiasMuseu Francisco Tavares Proença Júnior, Castelo Branco

Gala Troféu Gazeta Atletismo 2022

Castelo Branco nos Açores

Video